skip to Main Content

No último vestibular – para ingresso em 2021 – a USP atingiu sua meta de reservar 50% das vagas de cada curso para estudantes que cursaram o ensino médio em escola pública. 

Nessa reserva também incide o porcentual de 37,5% de cotas para estudantes autodeclarados PPI, índice equivalente à proporção desses grupos no Estado de São Paulo verificada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Este foi o quarto ano em que a USP adotou a reserva de vagas, que foi feita de forma escalonada:
– no ingresso de 2018, foram reservadas 37% das vagas de cada Unidade de Ensino e Pesquisa;
– em 2019, a porcentagem foi de 40% de vagas reservadas de cada curso de graduação;
– e em 2020, a reserva das vagas em cada curso e turno foi de 45%;

Incentivo para o ingresso

Uma das ações adotadas para estimular a participação de estudantes de escolas públicas nos processos de seleção para o ingresso na USP foi a criação do programa Vem pra USP!.

Uma das vantagens de participar do programa é que o aluno consegue vivenciar como funciona o processo de ingresso em uma universidade pública, desde o formulário de inscrição, o acesso aos conteúdos abordados, até conhecer as possibilidades de auxílio no caso de possuir necessidades socioeconômicas.

A CUCo é uma dessas experiências. O aluno participa de uma prova realizada pela internet de múltipla escolha sobre ciências humanas, ciências da natureza, matemática e língua portuguesa. Os alunos com melhor desempenho avançam para uma segunda fase, que geralmente é presencial na escola de origem, com testes das mesmas disciplinas. O nível de dificuldade das questões varia conforme o ano do ensino médio em que o aluno está.

Back To Top