skip to Main Content

“Oceano em Casa” reúne conteúdos para navegar no mar pela internet

Navegar em casa, sem sair do sofá. Mas nesse caso, não se trata somente de navegar na internet. O Instituto de Oceanografia (IO) da USP acaba de lançar uma plataforma para divulgar conteúdos selecionados sobre o mar. A página Oceano em Casa reúne uma série de links de fácil acesso, divididos em categorias: vídeos, áudios, reportagens (escritas), cartilhas e livros, conteúdos didáticos e culturais, sites e blogs. O material selecionado conta com a participação de docentes, funcionários e alunos do Instituto.

Entre os conteúdos selecionados, a página Oceano em Casa destaca o documentário Antártica, o continente de extremos. O vídeo foi idealizado pela oceanógrafa Rosalinda Montone (IO), que trabalha na Estação Antártica Comandante Ferraz – a base do Brasil na Antártida

Mar adentro

As Nações Unidas designam datas e períodos para promover ações de conscientização em torno de um tema específico. Entre as décadas internacionais estabelecidas pela agência está a Década das Nações Unidas da Ciência Oceânica para o Desenvolvimento Sustentável.

No período que vai de 2021 a 2030, a ONU estimula ações que visem gerar e divulgar conhecimento relacionado ao oceano. Além de depender do oceano para sua sobrevivência, a ação do homem sobre os mares também os influenciam. Exemplos disso são a produção de oxigênio; regulação do clima e armazenamento de carbono; além da degradação, que afeta a biodiversidade e os benefícios que o Oceano traz para a humanidade.

This Post Has 0 Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top